Takikomi Gohan (Risoto Japonês)

Oiiiiii amiguchos lindos!

Ontem começou meu curso de Culinária Japonesa – Pratos Frios, estou super animada com o curso, ontem já aprendemos bastante coisa, agora já sei cortar sashimi, tirar filé do peixe, que sucesso! Ainda mais para a pessoa aqui, que nem gosta de comprar peixe inteiro, kkkk, mas acho que vou continuar comprando o filé limpo… hahaha…

Bom, no clima oriental, a receita de hoje não é do curso ainda, eu na verdade conhecia essa receita mais como “Maze Gohan”, só tem algumas diferencinhas, mas é praticamente a mesma coisa.

Eu andei fuçando o blog da Akemi, que também é descendente como eu e entre as receitas japonesas dela, decidi fazer essa versão dela, que ficou maravilhosa.

Vamos lá!

TAKIKOMI GOHAN (RISOTO JAPONÊS OU MAZE GOHAN)

Ingredientes

  • 280 g de arroz japonês
  • 400 ml de água
  • 1 colher (sopa) de saquê
  • 1 peito de frango pequeno
  • 4 dentes de alho picadinhos
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cenoura média, picada em cubinhos
  • 3 ou 4 shiitakes frescos
  • 2 aguês (tofu frito)
  • 1 raiz de bardana (gobô)
  • 50 g de konnyaku (não usei porque não encontrei)
  • 2 colheres (sopa) de shoyu
  • sal a gosto
  • gergelim branco torrado a gosto

Modo de Preparo

Lave bem o arroz, até a água sair transparente, escorra a água e coloque na panela de arroz ou na panela que você irá cozinhá-lo no fogo. Acrescente a água e o saquê e reserve.

Pique o peito de frango em cubinhos bem pequenos e tempere com 1 colher (sopa) de saquê e uma pitada de sal e pimenta do reino. Reserve.

Tire os talos dos shiitakes e descarte-os. Corte a parte de cima em tiras de 1/2 cm. Como meus shiitakes eram grandes, acabei cortando no meio e depois em tiras, mas aí, ele acabou sumindo, então, o legal é deixar em tiras grandes mesmo.

Coloque os aguês em uma peneira e despeje água fervente sobre eles. Essa água é para tirar o excesso de gordura que ele possui. Seque com papel toalha e pique em tiras finas também.

Pique o konnyaku em cubinhos ou tiras e afervente por alguns minutos. Lave em água corrente e deixe escorrendo.

Descasque a bardana com um descascador de batatas ou raspe a casca com uma faca. Encha um recipiente com água e vá cortando a bardana, como se estivesse apontando um lápis, deixando-a dentro da água até o momento de utilizá-la. A bardana tende a escurecer se ficar muito tempo exposto, por isso, deve ficar dentro da água e deve-se apenas picá-la, momentos antes de utilizá-las. Cuidado para não espirrar na roupa, pois ela mancha.

Em uma panela média, esquente o azeite e dê uma leve douradinha no alho. Acrescente o frango temperado e misture até que tenha mudado de cor. Junte a cenoura picada, os shiitakes, os aguês, o konnyaku e a bardada escorrida.

Tempere com shoyu e sal e deixe os legumes murcharem um pouco, não precisa cozinhar muito, pois eles serão cozidos novamente junto com o arroz.

Deixe amornar um pouco e coloque na panela de arroz ou na panela que irá ao fogo para cozinhar o arroz. Não precisa misturar. Ligue a panela e deixe cozinhar no modo normal.

Se for fazer no fogão, tampe a panela e deixe cozinhar em fogo bem baixinho até secar a água.

Depois de pronto, antes de abrir a panela, deixe descansando por alguns minutos.

Agora é só abrir, misturar e servir em potinhos de sua preferência. Salpique gergelim torrado por cima e sirva com uma salada.

Vamos as fotos!

IMG_2810 IMG_2809 IMG_2813

Amigos, vocês não sabem o quanto esse arroz fica bom! Eu fiz algumas adaptações da receita original, coloquei um pouco mais de shoyu, não coloquei konyakku porque não encontrei em lugar nenhum aqui em Marília, parece que está em falta e coloquei uma colher (sopa) a mais que o original, por isso meu arroz ficou mais amarelinho.

Todos os produtos dessa receita, vocês encontram em lojas especializadas em produtos japoneses, se não encontrarem alguns itens, vocês podem substituir por outros legumes, de acordo com o gosto de cada um. Por exemplo, pode colocar uma omelete frita e picadinha, vagem picadinha, champignon, takenoko (bambu cozido e picado).

Claro que o sabor pode mudar um pouco, mas tenho certeza de que ficará delicioso mesmo assim.

Bom, eu amooo arroz de qualquer jeito e essa receita é espetacular, mas pra ficar boa mesmo, tem que ser com arroz japonês, ele faz toda diferença.

Espero que tenham gostado e que façam em casa. Parece complicado, mas é super simples, é só seguir os passos, item a item.

Beijos, beijos, beijos…

Anúncios

Sobre lainefujiwara

Venha me visitar no https://brazilianspice.wordpress.com/

  1. Hummm agora vai fazer coisas japonesas eh???? Vai acabar abrindo um restaurante!!! rsrsrsrs Beijooo (voce agora gosta de comer sashimi???) 😉

  2. Adorei a receita, Elaine! Não me lembro de ter comido esse arroz alguma vez…na verdade, tirando o arroz, os ingredientes dessa receita lembram um pouco o umbuçá (para quem é de Okinawa, é esse nome…o restante do país chama de nishimê), você conhece?
    Bjos!!

    • Oiess Dani!!!

      Olha só que legal, praticamente a mesma receita, com várias denominações, hehehe… Não conhecia como umbuçá, nem nishimê, mas adorei saber, vou até dar uma pesquisadinha, hehehe…

      Beijão querida!

  3. Denise

    adoro esse¨gohan¨!!!rs..só sei comer, pois o nome mesmo estou aprendendo aqui!!!rs..nossa..pensei que era mais complicado!!!um dia vou tentar fazer,mas por enquanto vou ficar só no pacotinho mesmo!!!rs..só tem o trabalho de rasgar e jogar na panela!!!rs…parabens sempre pelas boas ideias!!!bjs saudades sempre!!!

    • Dêeeeeee!!!!

      Ow pessoa que some, que saudadessss!!!

      Você viu, eu tb era adepta aos pacotinhos, vivo comprando uns aqui nas lojinhas de produtos japoneses, hahaha, mas resolvi fazer eu mesma e não é que ficou bom! kkkk…

      Menina, maior saudade de vcs, dos tempos de nihon, saudade da comiiidaaa, ai que saudade, hahaha…

      Vê se da noticias!

      Beijão querida!

  4. Cintia

    Oi Elaine!!
    Não sabia o nome desse arroz, minha mãe sempre fazia, eu adorava. Eu só chamava de ‘aquele arroz marronzinho’… 😀
    Ela colocava cenoura, vagem, omelete picadinha… ficava lindo e colorido.
    Nunca fiz, vou fazer!!

    Beijão!!

  5. Rute Nakamura

    O Link aí de cima, o tal blog da Rachel, direciona ao blog da minha amiga Akemi do Pecado da Gula, que é a dona da receita de Takikomi Gohan. Poderia consertar o link?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: