Salmão Grelhado Especial

Oláaa amigos!

Tudo em paz? Por aqui, tudo bão! hehehe.

Quem aí gosta de comida japonesa? Eu apesar de ser descendente, confesso que não sou muito fãaa, gosto de bastante coisa, mas pratos quentes, sashimi já não é a minha praia. Mas para agradar o amor, vou fazer um curso de Culinária Japonesa – Pratos Frios, no Senac esse mês. Acho que vou sofrer um pouquinho, já que não como sashimi, mas o que a gente não faz por amor? E estou na esperança de “de repente” acabar gostando desses peixinhos crus, vamos ver, começa no dia 21, serão 6 aulas, acho que vai ser bem legal.

Mas falando em Culinária Japonesa, eu e o Fábio costumamos frequentar um restaurante japonês aqui de Marília, onde tem um Salmão Grelhado que o Fábio simplesmente adora, ele sempre fala que poderia comer todo dia Salmão daquele jeito. Eu gosto bastante também, mas é uma comida carinha, não da pra ir todo dia, hehehe. Mas ai, analisando o Salmão, chegamos a conclusão dos temperos que ele leva e resolvi fazer em casa e não é que deu super certo?

Vamos a receita!

SALMÃO GRELHADO ESPECIAL

Ingredientes

  • 1 pedaço de gengibre de uns 4 cm, ralado
  • 3 dentes de alho espremidos
  • 2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)
  • 1 colher (chá) de óleo de gergelim
  • 4 filés de salmão sem pele
  • 2 colheres (sopa) de gergelim branco (ou preto, a seu gosto)
  • 1 maço de cebolinha do tipo grosso

Modo de Preparo

Em um recipiente misture o gengibre ralado, os dentes de alho espremidos, o molho de soja e o óleo de gergelim.

Passe os filés de salmão nessa mistura e deixe marinando por pelo menos 1 hora.

Antes de grelhar, salpique as sementes de gergelim por cima.

Em uma frigideira de fundo grosso, aqueça um fiozinho de óleo de gergelim e coloque os filés de salmão. Deixe no fogo médio, nem muito alto, nem baixo. Deixe grelhando cada lado por uns 3 minutos, dependendo da espessura do seu filé, deixe mais tempo, se necessário. Vire e deixe mais uns 3 minutos.

Enquanto os filés grelham, pique as cebolinhas em pedaços de uns 5 cm, na diagonal. Em uma outra frigideira, coloque um pinguinho de óleo de gergelim ou azeite mesmo, e dê uma leve fritadinha na cebolinha, acrescente um pouquinho de shoyu e desligue o fogo.

Monte caminhas de cebolinha nos pratos e quando o salmão estiver pronto, coloque-os em cima.

Sirva com arroz branco (de preferência arroz japonês, preparado apenas com água e uma pitadinha de sal), furikakê e missoshiru.

Vamos as fotos!

IMG_2799 IMG_2802 IMG_2804

Não tirei foto dos acompanhamentos, porque minhas tigelinhas japonesas bonitinhas quebraram, preciso comprar outras, hehehe.

Mas gente, vocês não fazem ideia do quanto fica saboroso esse salmão. E fica assim meio pretinho mesmo, é o gengibre que da essa queimadinha, mas ai fica essa casquinha crocantinha por fora, uma delícia…

E essa cebolinha dá um toque super especial, combina muuuito com o salmão. Olha, essa receita é pra comer de joelhos, ficou super parecida com a do restaurante, o sabor do gengibre, o gergelim, combinação perfeita.

Podem fazer de olhos fechados, receitinha super simples, saudável e deliciosa!

Um peixinho de vez em quando vai muito bem, para variar o cardápio.

Espero que tenham gostado da minha sugestão.

Beijos, beijos, beijos…

Anúncios

Sobre lainefujiwara

Venha me visitar no https://brazilianspice.wordpress.com/

  1. Cintia

    Olha, apesar de não gostar de peixe, esse ficou com uma carinha muito boa!!

    Beijão!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: