Torta de Batata e Palmito e um Novo Curso de Culinária!

Oiesss pessoal!!!

Tudo bem com vocês? Comigo tudo em paz…

Hoje comecei a fazer um novo curso na área de culinária que eu tanto adoro, o curso chama “Culinária Japonesa – Pratos Quentes” no Senac. Vocês devem perguntar, porque eu descendente de japoneses, faria um curso desses?

A verdade é que a minha família não é muuuuito japonesa, apesar de meus pais serem filhos de japoneses e eu ser a terceira geração, não cresci comendo apenas comida japonesa, aliás, cresci comendo mais comida brasileira, do que japonesa.

Mas claro, não vamos exagerar, até hoje em casa só comemos “shiro gohan” (arroz japonês cozido apenas com água, sem refogar), no frio sempre rola um “missoshiru” (sopa de soja) que inclusive eu já postei uma receitinha aqui, mas coisinhas básicas. E apesar de ter vários livros da Culinária Japonesa e ter testado algumas receitas, achei que seria legal participar desse curso, afinal, a gente sempre tem algo para aprender, não é verdade?

A turma é pequena, são doze alunos, um pessoal super animado e disposto a aprender e para o primeiro dia, já entramos na cozinha e preparamos quatro receitas, o Gohan, Missoshiru, Guioza e Frango com Shitake, gente, sem brincadeira, tudo ficou delicioso, muuuito bom mesmo, até o gohan tava bom, não menosprezando claro, mas é algo que já faço todos os dias, hahaha…

A minha expectativa para esse curso é muito boa, espero absorver muito conhecimento, aprender muitas coisas novas e poder colocá-los em prática logo, afinal, já estão me cobrando resultados desse curso, tem um monte de gente esperando um jantar… hahaha….

Bom, mas mudando de assunto, a receita de hoje, não tem nada a ver com o curso, que aliás esqueci de levar a minha câmera fotográfica e não tirei foto de nada hoje. A receita do dia é o que fiz para o FIFAFriday dessa semana, receita de Torta de batata, que encontrei no blog Pecado da Gula, da Akemi, só mudei o recheio. Receita original aqui.

Vamos a receita!

TORTA DE BATATA E PALMITO

Ingredientes

Massa

  • 8 batatas médias (usei batata asterix)
  • 200 g de farinha de trigo
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 100 g de queijo parmesão ralado

Recheio

  • 2 vidros de palmito
  • 2 tomates picados sem semente
  • 1/2 cebola picadinha
  • 1/2 talo de alho poró picado em rodelinhas
  • 1/2 xícara de azeitona picada
  • cheiro-verde picadinho a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 colher (chá) de farinha (para encorpar o recheio)
  • 250 g de muçarela ralada
  • orégano a gosto

Modo de Preparo

Recheio

Vamos começar com o recheio, para que ele esfrie enquanto preparamos a massa depois.Em uma panela coloque um fio de azeite e refogue a cebola e o alho poró. Adicione o palmito e sem seguida o tomate picado. Vá misturando, até que o tomate comece a derreter, acrescente as azeitonas e acerte o tempero. Para encorpar esse recheio, coloque uma colher de farinha e misture bem. Ou se preferir, pode colocar requeijão também, é que eu não tinha em casa.

Por fim, adicione o cheiro-verde e desligue o fogo. Deixe esfriar para utilizá-lo. Reserve e vamos a massa.

Massa

Para ir mais rápido, eu descasquei e piquei as batatas e levei para cozinhar na panela de pressão, por 5 minutos, depois que pegou a pressão. Se você abrir a pressão e ainda estiver muito firme, volte ao fogo até ficar macia. Ou se vocês tiverem mais tempo, podem cozinhar com a casca, na panela normal, que também da certo.

Depois de cozidas e escorridas as batatas, amasse-as ainda quente com um espremedor de batatas ou com a ajuda de um garfo mesmo. Acrescente o queijo parmesão e a farinha peneirada aos poucos, acerte o sal e sove a massa até ficar homogênea e que não grude nas mãos. É praticamente a massa de um nhoc.

A quantidade de farinha pode variar de acordo com a batata que vocês utilizarem, pode ser que precise de mais ou menos, por isso, vá colocando a farinha aos poucos, até encontrar o ponto certo da massa.

Eu não quis deixar a massa muito firme, fiquei com medo que perdesse o sabor da batata, então, coloquei a quantidade da receita mesmo de farinha. Por não ter colocado muita farinha, a minha massa ficou mais cremosa, um pouco mais difícil de cortar, porque ela acabou desmanchando um pouco. Se quiserem mais firme, tem que ir colocando farinha mesmo, até que desgrude das mãos e fique mais firme a massa, ok?! A quantidade de farinha foi de acordo com a receita, mas mas o tamanho das batatas também influência, as minhas eram um pouco grandes, por isso acho que precisava de um pouco mais de farinha.

Unte um recipiente com margarina e espalhe a massa no fundo e laterais, na espessura de uns 2 cm. Essa receita está dobrada, pois eu fiz em um recipiente bem maior que o da receita original.

Espalhe o recheio sobre a massa e cubra com a muçarela ralada, por fim, salpique orégano e leve para assar.

O forno deve estar pré-aquecido a 180 ºC, deve ficar no forno até que as bordas comecem a dourar e o queijo esteja derretido. O meu demorou uns 40 minutos no meu forno.

Vamos as fotos!

Me perdoem pelas fotos, estou testando uma câmera nova, que meu irmão me emprestou e ainda não peguei muito o jeito com ela, hehehe.

Eu sinceramente, esperava mais dessa torta, porque eu imaginei que a massa ficaria firme como de uma torta mesmo, mas como eu coloquei pouca farinha, a massa não ficou muito firme, ficou cremosa. Teve gente que adorou a massa, justamente por ela estar cremosa. Então, fica a gosto de cada um, façam como eu disse, sintam na hora que estiverem fazendo, se precisa de mais ou menos farinha, para que fique de acordo com o seu gosto.

No meu caso a farinha foi pouca, porque as minhas batatas estavam um pouco grandes, apesar de ser a asterix, que tem menos água, ainda sim, para ficar mais firme, precisaria de mais farinha.

E esqueci de tirar foto dos meninos hoje de novo, hehehe. Tem dias que fico meio perdida na conversa e esqueço, sorry!

Gente, espero que tenham gostado, não fiquem com medo de fazer essa receita, ela é muito boa, vocês só precisam decidir se querem mais firme ou mais cremosa a massa.

Pessoal do curso, se você tiverem passando por aqui, vejo vocês sábado que vem!!!

Um ótimo domingo a todos!

Beijos, beijos, beijos…

Anúncios

Sobre lainefujiwara

Venha me visitar no https://brazilianspice.wordpress.com/

  1. Erika/SP

    Oi Elaine, td bem? Que marravilhaaaaa esse curso de culinaria japonesa! Tbm sou sansei como vc e na minha mae sempre comiamos mais comida brasileira do que japonesa! A nao ser na casa na batchan! Passa umas receitas pra gente do curso!!! Beijos, Erika/SP

  2. Cintia

    Oi Elaine!!
    Que delícia de receita. Vou testar no fim de semana.
    Minha mãe fazia uma nesse estilo, mas no olhômetro mesmo, e enrolava como rocambole. Bom ter medida pra me basear!!

    Que legal esse curso!
    Em casa também era assim, shiro gohan era todo dia, mas outros pratos, só em dia de festa. 😀

    Beijão!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: